Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nona

07
Jun18

Por terras da Ibéria - «VI TransTrevinca (V)»

nona

 

 

POR TERRAS DA IBÉRIA

 

VI TRANSTREVINCA

 

2. junho.2018

000.- pena_trevinca

 (Fonte:- https://www.meteopt.com/forum/topico/seguimento-incendios-2017.9144/pagina-244)

 

DA «MAJADA» TREVINCA ÀS FALDAS DO CUME DE PEÑA TREVINCA

01a.- 2018.- VI TransTrevinca (377)

 - Chegados aqui, no terminus do circo glaciar do rio Tera, nosso grande desafio estava cumprido: -

(atravessar e contemplar o grande vale em U do glaciar do Tera que,

o ano passado, quando viemos do Porto de Sanabria,)

01aa.- 992.- Peña Trevinca

 (do alto do cume de Peña Trevinca tanto nos fascinou!)

01ab.- 997.- Peña Trevinca

 (Ao cimo de Peña Trevinca, já tínhamos ido, em agosto do ano passado,

com os amigos Alfonso - e a sua cadelita -, Urkito, Pablo, e seu neto, Xosé)

04.- 999.- Peña Trevinca

- Fomos trepando, devagarinho -

(Perspetiva I) 

03.- 2018.- VI TransTrevinca (381)

 (Perspetiva II)

03a.- 2018.- VI TransTrevinca (380)

 (sempre olhando para este vale fascinante)

05.- 2018.- VI TransTrevinca (364)

 (À nossa esquerda, o murmurar do ribeiro El Maseirón, deitando-se, em catadupas, para o vale,)

06.- 2018.- VI TransTrevinca (391)

 (ao encontro do Tera,)

07.- 2018.- VI TransTrevinca (399)

(vindo do nosso lado direito)

08.- 2018.- VI TransTrevinca (397)

 - Conforme trepávamos, o Peñasco Vedado, impunha-se com toda a sua opulência -

(Cenário I)

09.- 2018.- VI TransTrevinca (384)

 (Cenário II)

10.- 2018.- VI TransTrevinca (383)

 (Olhando para trás, o vale do Tera começa, a certa altura, a sair do nosso horizonte visual e,

com o trepar, o matoral florido começa a desaparecer, dando lugar a simples e nua rocha)

11.- 2018.- VI TransTrevinca (394)

(Neste lugar, parámos)

12.- Peña Trevinca - limite

 (Sentados, contemplávamos, insaciáveis, uma vez mais, o vale glaciar do Tera)

10.- 2018.- VI TransTrevinca (373)

(Decidimos parar.

Nosso desafio contemplativo estava cumprido.

Devagarinho, iniciámos o caminho de volta)

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Miluem

    Freixo de Numão é uma terra muito bonita, não conh...

  • Miluem

    Fotos magníficas

  • Ana D.

    Obrigada pela partilha! Conheço muitos destes edif...

  • Anónimo

    Conozco algo d Douro, iré a recorrerlo por las dos...

  • Dylan Evc

    Não conhecia. Pertencem ao concelho de Palmela?

lumbudus

blog-logo

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub